segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

disposição ou predição?

Quando imaginei reativar este espaço o fiz para sublinhar pequenos benefícios que ocorrem todos os dias no trotear da carroça, mas o rejaneando tornou-se caminheiro, anda bem e depressa. Faço esta postagem, então, por um sentido e indicação especial, pra aquele andante que, como eu, está aqui para engraxar os eixos e amaciar o trote.
Dente-de-leão na grama, pequeno elemento ou circunstância; minúcia, detalhe, um pormenor sutil e majestoso quando se encara um leão por dia. Sim!... na estrada eu aprendi a cultivar dentes de leão! Hoje, no cume do morro mais alto, um leão estira a língua e deita a cabeça. Foi-se mais um.


Nenhum comentário: