terça-feira, 6 de setembro de 2011

sopro incidental

folha tu, tumberginha, folhe eu
folhear os sopros e os sons dos foles em páginas de instrumentos coloridos
                 estas flores azuis que lotam meu muro
melhoram meus olhos como palavras afinadas,
tingidas em música, promovem cor, orvalho, sabor.

[elas sopram som de Yann Tiersen]




Nenhum comentário: