sábado, 22 de outubro de 2011

pés do caminho

feixe de luz que adentra estrada afora,
toda semente espontânea em cheiro de terra molhada,
tudo que mantém o viço do encontro - silvestre fruto.
traz por um triz, cicatriz ...e um instante d'olvido.


Rastrelli cello quartett,
Piazzolla, Oblivion


Nenhum comentário: