quarta-feira, 18 de abril de 2012

corda de esparto



há dias em que não dispenso el alazán, a via,

há dias dispostos em amarras de laços e tripas.



¿como fue que no lo viste?
¿que estrella andabas buscando?
*

Nenhum comentário: